Tag

grupo ease

Browsing

Quais são as principais etapas da implementação de um ERP?

Para que um Shopping Center funcione adequadamente, a implementação de um ERP é fundamental. Isso porque, a partir desses sistemas, é possível ter um controle maior sobre tudo o que acontece em todos os setores do empreendimento. É por isso que, cada vez mais, os gestores desses negócios se preocupam em ter um software completo para auxiliar na execução de seus trabalhos. No entanto, além de encontrar uma empresa especializada no desenvolvimento de sistemas para Shoppings Centers, é importante que seja seguido um cronograma de etapas para implementar um ERP. Afinal, somente assim será garantido que o software trará resultados positivos. Pensando nisso, desenvolvemos este post, que trará as principais etapas da implementação de um ERP para Shopping, de modo que você possa desenvolver um cronograma e segui-lo à risca no empreendimento que você administra. Ficou interessado nessas informações? Então siga a leitura e confira tudo isso agora mesmo. Porém,…

CRD: Saiba o que considerar para definir o Coeficiente de Rateio de Despesas

Todo Shopping Center conta com diversas despesas comuns, e dividi-las entre todas as lojas que utilizam o espaço para as suas operações é uma tarefa importante. Para realizar uma divisão adequada e mais equilibrada esses grandes empreendimentos utilizam o CRD, um cálculo complexo que define o Coeficiente de Rateio de Despesas. A complexidade deste cálculo pode intimidar um pouco você a princípio, por levar em consideração uma série de variáveis, que não apenas a área de utilização no empreendimento. Para auxiliar você criamos este post, no qual vamos demonstrar os principais fatores a se considerar e qual a sua importância para o Shopping Center. Confira! O CRD O CRD é de grande relevância para ambas as partes dentro do Shopping Center, tanto para o administrador do espaço quanto para o lojista que utiliza tal local para realizar suas operações. Isso porque, o valor de rateio pode implicar diretamente sobre a…

Entenda as vantagens de ter um ERP com Infraestrutura em nuvem

Se você quer modernizar a sua administração, economizar e aumentar a produtividade de todos os envolvidos no seu sistema, é hora de conhecer a infraestrutura em nuvem! A cloud computing já foi uma curiosidade, para se tornar uma vantagem em cima da concorrência e, muito em breve, uma necessidade para se manter competitivo — principalmente em um mercado voltado para otimização e automação na gestão de espaços comerciais. Neste artigo, contamos um pouco sobre a tecnologia e como ela ajudar no sucesso da sua estratégia de negócio. Vamos lá? A infraestrutura em nuvem como vantagem competitiva A infraestrutura de um sistema de gestão diz respeito a todos os componentes, tanto de hardware quanto software, que vão suportar tecnologicamente a operação e administração de uma empresa. Até pouco tempo atrás, para ter um suporte robusto em gestão de negócios mais complexos (como a administração de um Shopping), era preciso investir muito…

Taxa de transferência de Locação: quais valores a serem pagos pelo lojista?

Uma das principais bases de um Shopping Center são os lojistas que escolhem levar seus negócios para o estabelecimento. Para que tudo se desenrole com harmonia e sem conflitos, é fundamental que os lojistas cumpram os contratos firmados por eles com o Shopping. Mas, quando um lojista decide sublocar o seu espaço, surgem muitas dúvidas sobre a taxa de transferência de locação. A transferência de locação é uma alternativa à rescisão completa do contrato — e, portanto, costuma ser mais interessante financeiramente para o lojista. Por outro lado, há uma inegável alteração no contrato, e esse é um dos motivos que ocasionam a cobrança da taxa. Quer ficar por dentro do assunto e certificar-se de que você não sairá prejudicado diante de uma transferência de locação? Então, continue a leitura e saiba mais! O lojista pode sublocar seu espaço? Pode! A Lei 8.245 de 1991, mais conhecida como Lei do Inquilinato, prevê que o…

Gestão Fiscal: fique de olho nas obrigações fiscais do seu empreendimento

A legislação tributária no Brasil pode ser bem complexa, o que, muitas vezes, dificulta os esforços de gerenciamento. Por isso, no caso de um Shopping Center é necessário que o superintendente esteja atento à gestão fiscal, a fim de evitar dores de cabeça. Boas práticas de gestão fiscal, como um bom planejamento tributário, o cumprimento das obrigações fiscais e a escolha de um regime tributário adequado, também podem auxiliar as empresas a se manterem competitivas no mercado e se destacarem dos seus concorrentes. Principais declarações fiscais São várias as declarações fiscais que fazem parte das obrigações de um Shopping Center, porém, entre as principais, temos: DIMOB A DIMOB (Declaração de Informações sobre Atividades Imobiliárias) é uma declaração emitida para a Receita federal, e que tem por objetivo informar todas as transações imobiliárias realizadas ao fisco. A declaração é obrigatória para empresas que realizam a locação de imóveis, sublocação e administração de patrimônio próprio…

Gestão de Tenant Mix: use o espaço do seu Shopping com eficiência e estratégia

Uma dúvida na cabeça de um superintendente é como realizar a gestão de Tenant Mix. As decisões tomadas nesse assunto são de extrema importância para definir o lucro esperado para o empreendimento e para os lojistas parceiros. Neste post, exporemos todo o conhecimento do Grupo Ease sobre o que é o Tenant Mix, quais os elementos que o compõem e o valor que esse planejamento — quando bem-feito — pode agregar ao Shopping Center. Confira! Gestão de Tenant Mix O Tenant Mix é o planejamento prévio da posição e distribuição das lojas dentro do empreendimento. Esse arranjo de empresas não pode ser realizado de qualquer maneira; é necessário atender a alguns requisitos no intuito de atrair um maior público e garantir resultados. Todas as lojas e demais empresas que queiram fazer parte, como parceiras do empreendimento, podem ser categorizadas em uma determinada escala — e a distribuição de cada um…

Indicadores de Desempenho: melhore a gestão de seu negócio

Realizar a gestão de indicadores pode ser uma forma de melhorar o controle e alcançar de maneira mais simples os objetivos de uma empresa. No entanto, é preciso escolher bem quais as métricas que deverão ser controladas. O objetivo deste post é mostrar para você o que são indicadores de desempenho, sua principal função para a gestão de um negócio e quais são os mais utilizados. Continue conosco e descubra! Gestão de indicadores Os indicadores de desempenho são métricas de controle utilizadas para verificar o cumprimento de determinadas metas estabelecidas no planejamento estratégico de uma empresa. Geralmente, eles são utilizados para verificar a performance empresarial diante dos objetivos organizacionais e se adaptar às novas tendências — um Shopping Center, por exemplo, pode estar em busca de aumentar o número de visitantes, enquanto um supermercado pode desejar o aumento na venda de determinada categoria de produtos. Ao implementar diversas estratégias, a empresa pode acompanhar as alterações…

ERP: Entenda quais são seus benefícios para gestão de espaços comerciais

O sucesso nas vendas e na administração de um Shopping Center, bem como outros segmentos, está ligado diretamente à geração de lucros, algo que só é possível com uma boa estratégia que permita a redução de custos. E como a tendência é que haja grande fluxo de pedidos, compras e trocas de informações internas, principalmente quando a empresa apresenta crescimento, um sistema ERP para Shopping pode ser a ferramenta ideal para uma boa operacionalidade. Quando aplicado de modo correto e bem planejado, ele traz mais agilidade e precisão para os negócios. A seguir, falaremos mais a respeito desse ótimo recurso para quem atua na gestão de espaços comerciais. Confira! O que é ERP? Um ERP — sigla para Enterprise Resource Planning, ou Planejamento dos Recursos Empresariais, no nosso idioma — é, sucintamente, um sistema de administração para empresas desenvolvido para organizar e reunir dados, no intuito de agilizar processos, reduzir…