E-book ERP para Shopping - blog grupo easePowered by Rock Convert

Business Intelligence é um assunto cada vez mais discutido na gestão empresarial. Afinal, ele oferece diversas possibilidades de crescimento. Seu uso adequado possibilita uma atuação estratégica e uma visão sistêmica do negócio e do mercado e saber usar os dados obtidos — seja da internet, por meio dos sistemas empresariais ou por contato com os clientes — é, certamente, uma enorme vantagem competitiva.

Pensando nisso, criamos este post! Nele, você entenderá o conceito de Business Intelligence, como os dados coletados podem ser úteis e quais são as vantagens para a organização. Continue a leitura e fique por dentro do assunto.

Conceito de Business Intelligence

O Business Intelligence (BI) não se refere a uma única tecnologia: ele consiste em um conjunto de práticas que têm o objetivo de coletar dados, estruturá-los, analisá-los e usá-los como base para as decisões. Ou seja, o BI é uma postura empresarial na qual se utiliza um conjunto de métodos para extrair inteligência dos dados sobre a empresa ou o mercado.

Existem diversas ferramentas de BI que podem ser usadas, como o Sistema de Gerenciamento Empresarial (ERP) ou o software de desdobramento de metas. Assim, é possível atuar com inteligência, velocidade e diligência.

O propósito da aplicação do BI

Compreendido o conceito, é necessário entender seu propósito, em especial na gestão de Shopping Centers. Primordialmente a matéria-prima do BI são os dados — quanto mais dados dotados de veracidade, mais eficazes serão o trabalho e a tomada de decisões.

O intuito é transformar esses dados (ainda não “lapidados”) em informações úteis para a companhia. Com base no número de visitantes, veículos e o número de vendas feitas, por exemplo, é possível entender o grau de conversão de vendas e definir metas ainda mais desafiadoras para o futuro, ou ainda validar se a estratégia de comercialização das lojas está gerando os resultados previstos, entre outras análises.

Logo, o propósito é coletar dados verídicos e volumosos, transformando-os em informações úteis para a tomada de decisão estratégica e eficiente. Assim, é possível beneficiar todo o Shopping, tornando-o mais competitivo.

As vantagens da análise de dados para o Shopping

Algumas vantagens já foram entendidas. Outras, no entanto, devem ser explicadas com maior clareza. Confira nos próximos tópicos:

Geração de gráficos e relatórios

A primeira vantagem é a geração de gráficos e relatórios, relacionados aos mais diversos setores ou áreas. É possível falar em relatórios de atendimento, gestão de pessoas e financeiros, por exemplo. Assim, pode-se maximizar a tomada de decisões e desenvolver uma visão holística do negócio.

Levantamento de informações estratégicas

Existem muitas informações realmente importantes escondidas atrás de números, percentuais e tabelas. Com a aplicação do conceito BI, é possível conhecer melhor essas informações e utilizá-las a favor do crescimento do empreendimento. Por trás de dados de comparativos, por exemplo, podem estar informações para a melhoria da experiência de compra.

Melhor gestão do tempo e tarefas diárias

Por fim, é importante entender que o BI ajuda na gestão das tarefas que devem ser feitas ao longo do expediente, determinando o que é ou não prioridade para o negócio. Assim, é possível manter o foco no que é realmente útil, evitando-se que se perca tempo — um recurso limitado — com o que não tem serventia.

Como você viu, existem diversas vantagens no uso de análise de dados na gestão de Shopping Centers. Contudo, é preciso contar com as ferramentas adequadas — em especial um bom Software de Gestão Empresarial.

Gostou do conteúdo? Entendeu o que é Business Intelligence? Então, aproveite para ler nosso artigo “Gestão Empresarial: conheça 6 dicas para inovar“. Até a próxima!

Solicite Demonstração - blog grupo easePowered by Rock Convert

Escreva um comentário